Setembro Amarelo

Setembro 27, 2019 0 Por Secretaria de Saúde de Embu Guaçu
Setembro Amarelo

No mês de setembro foram realizadas em toda a rede de saúde do município, ações para valorização da vida, e com este tema, aconteceram rodas de conversa, palestras, piquenique, cinema e dia da beleza com os usuários da rede nas unidades de saúde e escolas.

No Brasil, a campanha de prevenção do suicídio, conhecida como setembro amarelo, ocorre desde 2015 e tem o dia 10/09 como data oficial para potencialização das ações.

O suicídio tem sido uma grande preocupação da saúde pública, que afeta muitas pessoas de diferentes faixas etárias, principalmente jovens e idosos, tornando-se prioritárias para as ações de prevenção. Estas ações abrangem todas as secretarias municipais como, assistência social, saúde, educação, cultura, conselho tutelar, e se dá através da identificação de grupos vulneráveis, treinamentos e educação sobre o tema, desenvolvimento de ações que despertem sentimentos de pertencimento, senso de identidade e autoestima e a criação de espaços de diálogo.

Onde procurar ajuda?

Unidades Básicas de Saúde, Unidades de Saúde da Família, CAPS, UPA, Unidade Mista de Saúde, ou através do CVV – Centro de Valorização da Vida, através do telefone 188.

Sobre as ações

A equipe de saúde mental da atenção básica e do CAPS realizou roda de conversa com o tema da valorização da vida em todo o território do município, nas seguintes datas: 06/09, 12/09, 13/09, 16/09, 17/09, 19/09, 20/09, 23/09, 25/09 e 26/09.

O encerramento do setembro amarelo aconteceu no CAPS dia 27/09, com a participação dos profissionais convidados, Bárbara Bella Urban (Psicóloga do Consultório na rua), Renan E.S.T. Duarte e Cristiane Stoever Dacal (Terapeuta Ocupacional e Psicóloga CAPS Infantil Parelheiros), com uma grande roda de conversa sobre o tema, com a presença de profissionais da saúde, da educação e da guarda civil municipal. Além da apresentação de uma peça de teatro com os adolescentes do CAPS e apresentação de dança da escola de arte “Cia Luz”.